Cão é Cão

-Cão é cão. Disseram-me. Não pude deixar de concordar com tão redundante afirmação. Mas a questão que se impõe é: - O que é um cão? E a resposta daria pano para mangas…
Muitas vezes, grupos de pessoas juntam-se para ajudar animais. E todas têm boa vontade, e todas querem fazer o melhor para eles. Quando começam a definir estratégias e procedimentos, surge o desacordo. É que “o melhor” é muito subjectivo, e cada pessoa o entende de diferente modo.
Creio que será uma das razões pelas quais não existe uma federação de associações de protecção animal, tão urgente e tão necessária em Portugal.
Afinal, ficamos todos pelo básico: -Cão é cão!

2 comentários:

Daisy disse...

"Cão é cão"!!! Quantas vezes mais merecedor do nosso apreço e admiração do que muitos humanos... Soube hoje dos "sentimentos" q um caniche anão (q eu salvei há tempos de uma morte certa pelas mandíbulas ferozes de um cão muito maior - esteve hospitalizado 2 semanas e em risco de ficar completamente paralisado) tem demonstrado após o falecimento do seu idoso dono, com quem costumava partilhar o sofá para verem "O Preço Certo". Esteve 2 dias sem comer, latindo e ganindo à procura do dono. Quando a filha do senhor trouxe para casa a roupa dele que ficara no hospital, o Simba deitou-se em cima das peças e ali ficou várias horas - fazendo o seu luto. Agora, dorme na cama com a dona viúva, precisamente aos pés, no lugar onde o dono dormia. Agora venham-me dizer que "cão é cão"!

A Tela disse...

"CÃO É CÃO"...será, querida Amiga, mas, para nós, FELIZMENTE. Felizmente que são cão e não gente...! Só para deixar um beijinho, ando por cá :)

"Sempre que um cão sai das minhas mãos para uma nova família, desejo que o tratem tão bem, ou ainda melhor, que eu. Desejo que compreendam que o cão não entra na suas vidas para os fazer felizes, mas, inversamente, a ideia é eles fazerem feliz o cão."