Ovos


O que é que os ovos têm a ver com cães? Aparentemente, nada! No entanto, não resisto a escrever sobre este tema. É que, às vezes, há situações em que uma pequena mudança nos gestos habituais pode fazer uma grande diferença!
Eu explico. Gosto de comer ovos, estrelados, mexidos, cozidos, de todas as maneiras. Há algum tempo, recebi um email que chamava a atenção sobre os processos de produção industrial de ovos. Câmaras ocultas tinham filmado estas fábricas. As imagens eram impressionantes.
Confesso que as galinhas não me são particularmente simpáticas, mas a crueldade… Tanta crueldade!
As imagens ficaram-me gravadas no pensamento e, na vez seguinte em que fui ao supermercado, junto à secção dos ovos, em vez de escolher mecanicamente uma embalagem, a minha atitude mudou.
Passei a comprar unicamente ovos de galinhas criadas no solo. São um pouco mais caros mas, se a diferença de preço pesar no meu orçamente, passo a comer menos ovos. É simples.
Quando vim viver para o campo, tornou-se mais fácil. Quase toda a gente tem galinhas e comprar ovos aos vizinhos tem vantagens: os ovos são excelentes, o sabor não tem comparação com os ovos de aviário; e ainda promove o bom relacionamento com os vizinhos o que é sempre simpático.
Hoje li um texto sobre o que acontece aos pintainhos machos nos aviários industriais e não resisti a escrever sobre este tema. Aconselho-vos a ler o texto e, se tiveram coragem, a ver o vídeo. Aconselho uma pequena mudança quando compram ovos: escolher ovos de galinhas criadas no solo: um pequeno gesto que faz toda a diferença!

3 comentários:

Anônimo disse...

Ainda vive no campo há pouco tempo...
Chamam-se galinhas do campo ;-)
Não me leve a mal a correcção, apreciei muito o post e a preocupação com o tema do bem-estar animal. Afinal de contas, a pecuária pode ser feita como deve ser. Para comermos carne e seu derivados não temos de fazer da pecuária a casa dos horrores legalizada.
É preciso passar a mensagem! Bem haja!
(P.S. Já agora, uma mensagem importante a passar tb é que, tal como nós, os animais sujeitos a sofrimento lançam no sangue grandes quantidades de toxinas que acabam por ficar na carne que comemos. A mim, saber que sofrem move-me mais, mas pode ser que este argumento mova outras pessoas...)

Claudia Estanislau disse...

eu vi o Earthlings e guess what? tornei-me totalmente vegetariana, um total de 3 dias a reaprender a cozinhar tudo o que não tenha carne. Pelo menos durmo melhor à noite não contribuindo activamente para o que vi. E quanto aos ovos faço como tu Alice!

Casa do Pinhal disse...

Caro anónimo,
Obrigada pelo seu comentário. Este é um tema que me é muito caro e ao qual quero certamente voltar.
A correcção é muito bem vinda; agradeço e vou aprendendo!

"Sempre que um cão sai das minhas mãos para uma nova família, desejo que o tratem tão bem, ou ainda melhor, que eu. Desejo que compreendam que o cão não entra na suas vidas para os fazer felizes, mas, inversamente, a ideia é eles fazerem feliz o cão."