Jardim de Cães

Girassol, a minha flor

A hora dos pavões é ao fim do dia, quando a lua sobe no céu e o sol ainda não chegou ao mar. É nessa altura que os pavões do meu vizinho emitem o seu som característico.
Consultei dois sites na net para tentar descobrir como se chama ao som que os pavões emitem, mas apenas aparece referido como “som característico”.
Hoje, à hora dos pavões, fui para o pátio da frente com um livro da Maitena e seis cães. Deitei-me na espreguiçadeira e por ali fiquei, entre a leitura e uma carícia aos cães que iam passando por mim.
De vez em quando o Manuel ou o Talibocas subiam para a espreguiçadeira e deitavam-se no meu colo. O Neve deitou-se no chão ao meu lado a roer um pau ou uma pedra. A Nikita preferiu o tapete da entrada, levantando-se volta e meia para me vir fazer uma festa. O Google e a Girassol alternavam entre zonas de sombra e zonas de sol. Eu ia lendo…Numa das vezes que levantei os olhos do livro, olhei para todos os cães deitados pelo pátio e pensei: É um jardim de cães!

4 comentários:

Patti disse...

Penso que o grito do pavão, se chama pupilar.
Mas não faço ideia porquê.

Casa do Pinhal disse...

Patti, obrigada pela informação. Confirmei com o Aurélio que o grito do pavão se chama pupilar. Hei-de encontrar ocasiões para usar este verbo. Adorei.

Patti disse...

Com vejo que adora animais, tem aqui uma lista muito engrançada dos vários sons que eles fazem.

Morena disse...

Jardim de Cães: que felicidade!

"Sempre que um cão sai das minhas mãos para uma nova família, desejo que o tratem tão bem, ou ainda melhor, que eu. Desejo que compreendam que o cão não entra na suas vidas para os fazer felizes, mas, inversamente, a ideia é eles fazerem feliz o cão."